terça-feira, 25 de outubro de 2011

Nekomura Iroha


Nekomura Iroha é uma vocaloid que descobri recentemente, criada pela Sanrio afim de popularizar ainda mais a personagem Hello Kitty! Que grande tacada, não acham?! Seria como uma Hello Kitty versão humana digital. Tem até as orelhinhas, seja em capacetes, laços ou no próprio cabelo da personagem do programa!

Acima está um vídeo em que a mesma canta Just Be Friends de Megurine Luka, vocaloid 03. Espero que gostem! Beijos a todos!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

A droga é que toda a hora, involuntariamente, pareço feliz, sorridente e bem-humorada... por isso ninguém acredita quando digo que estou triste. Pior: quando eu choro, vendo isso como a única alternativa de monstrar o que sinto de corpo e alma, me chama de sentimental ou exagerada.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Caro futuro amor:


Terei paciência e o aguardarei. Certamente Deus está, desde já, guiando você até mim e vice-versa. Com certeza.

sábado, 8 de outubro de 2011

Far away


Pois creio que um dia tudo o que é conhecido se renovará
E nessa mudança, há que viverá e há quem morrerá
Feliz estou graças a certeza de que eu e você estaremos no grupo em que a vida ficará ativa
E determinada a buscar novas pessoas para esta caravana
Que ainda viaja por este lugar
A procura de qualquer um que gostaria de sobreviver.

Que nossos defeitos sejam pulvorizados
Quando outras vidas estão em jogo
Que nossas atitudes não embaralhem a vida de outros
Para que, no fim,
A maior quantidade possível esteja conosco.

Amém.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

terça-feira, 27 de setembro de 2011

1/6 - Vocaloid [legendado em português]

Verdade compactada

Tenho somente três minutos, então será uma postagem curta.

Sabem, eu normalmente exalo uma áurea de autoconfiança ou, senão, de atitude. Porém, normalmente eu olho para as outras pessoas e para os personagens de animes e penso "Por que eu não sou assim também?".  Quero dizer, eu fico feliz pelos outros, pois isso ajuda na autoestima. Mas, ao mesmo tempo, não consigo deixa de questionar. Isso é realmente uma droga.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Relato

Esta semana foi boa. Não cumpri tudo o que pretendia, mas o que consegui vale tanto, mas tanto que não estou chateada de verdade pelos fracassos.

Até agora, não fiquei de segunda época (recuperação) em nenhuma prova até o momento, tornei-me mais amiga de uma pessoa, falei gostosamente com outras, tive uma ótima apresentação com o Profº. Pier hoje, esclareci dilemas e dilui preocupações com o ar. Além do quê, estou fazendo uma fanfic de "Rangers: Ordem dos Arqueiros" - sim, gosto disso. XD, li o "Era uma vez um blog sem nome", comi o que gosto, assisti um programa que me fazia falta... e-tirei-nove-de-dez-em-Português-demorou-uhul!!!!!! \o/

Enfim... acho que foi uma semana que valeu a pena ser vivida. Sabem, não me sinto nem um pouco triste - só um tiquinho sentimentalizada ;'P - pelas coisas que fiz. Até presenciando algo que não gosto hoje, acho que consegui ajudar um pouquinho uma certa pessoa a se sentir mais feliz. Tomara que consiga ajudá-la de verdade assim como ela sempre faz.

Creio em um bom fim de semana também.

"Porque todo o dia nasceu para ser maravilhoso."

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Enchelinguiça


Honestamente, não sei o que escrever. Neste caso, resta-me contar os últimos acontecimentos.

Bem, fiz minha sonhada viagem para a Europa. Passei doze dias em Londres e três em Paris. Foi ótimo, com todos os micos e aprendizados (haha!).

Haverá Feira das Nações no meu colégio e minha classe é responsável por representar a Índia. Espero conseguir ajudar bastante, já que não poderei estar no dia devido um compromisso. *tenso* Pelo menos, descobri umas coisinhas. *sorriso*

Admito estar com o coração um pouco apertado por questões mal resolvidas. Só espero que tudo se acerte o mais rápido possível. Gosto muito dessa pessoa.

Obrigada Nathalia!

Paz S2

quarta-feira, 20 de julho de 2011

[Estante de Histórias] Lolita

Publiquei em um dos meus blogs e a história, como bem diz o título, chama-se Lolita. Espero que gostem! :)

O link é esse: http://estantehistorias.blogspot.com/

Para quem não viu ainda, também há a história "Consciliação Natalina". Por favor, tentem ignorar os erros de português. XD

Beijos,
Sunshine ~* o/

domingo, 10 de julho de 2011

Papo de escola 2

Férias
Casa da Nathy
Quarto dela
Duas horas da tarde

*As quatro sentadas no chão formando um círculo. Suemi, Nathalia e Becca aos risos enquanto Sabrina está chocada*

Becca: *aos risos* É mesmo! Hahahaha! ^^D


Sabrina: *vermelha e agitando os braços* Aaah...! Parem, parem! *instantaneamente cruza os braços e vira o rosto com o queixo erguido e cara amarrada* Isso é um despeito contra o bem alheio. O que é um absurdo sendo que... *sorriso sombrio*

Sm, N & B: *quietas de repente* ?

Sabrina: *ainda com sorriso malicioso* Temos alguém em igualdade de condições. *e aponta para Suemi* - heh.

Becca: "?"

Nathy: *riso abafado fortemente por boca fechada*

Suemi: Não me compare a você, sua louca! *sarcástica*

B&N: *risos abafados e breves*

Sabrina: Hã?! É você, sua maníaca do voleibol!! ÒuÓ

B&N: *risos abafados e breves levemente mais fortes enquanto Sabrina ri abertamente*

*Suemi vai devagarinho levantando a mão em diagonal e a faz descer direto no ombro de Sabrina em um tapa que doeu mais do que aparentou.*

Pof!

Sabrina: Agh! XuÕ!! ... De repente estou vendo estrelas... Isso é estranho, não é?...

B&N: O.O" ... "Pensando melhor, foi uma estupidez zoar alguém com a mão tão pesada."

Becca: "Mas é tão divertido..."
________________________________________________________________
Férias
Casa da Sabrina
Quarto dela
Quatro horas da tarde

Sabrina: *conversando via webcan com Nathy* Sabe, Nathalia, eu estava pensando... Por que as pessoas gostam tanto de gente que escreve bem?

Nathy: Ah, é que é difícil transmitir as ideias em forma de palavras, falando de modo geral. Tanto que esse é um dos pontos críticos do vestibular para a maioria da população.

Sabrina: "Essa explicação é tão velha... ^^' " Mas por que não valorizam tanto a outra porcentagem da população que desenha bem?

Nathy: Bem...

Sabrina: *interrompe emburrada e cruzando os braços* Só porquê é difícil passar ideias em palavras, não quer dizer que seja fácil em desenhos. E toda a evolução manual que fomos obrigados a ter para obter uma parcela de aprovação, graças ao padrão mundial de bonito?

Nathy: Eh... bem, eu...

Sabrina: *interrompe do mesmo jeito* Sem mencionar que desenhistas também sofrem dificuldades para passar o que quer para o papel. Eles também tem brancos, bloqueios de ideias e todas essas complicações rotuladas por "exclusivas para quem escreve" através de escritores que se acham demais por serem reconhecidos por uma habilidade "que quase todo mundo se ferra para ter". É como se desprezassem o desenho por parecer fácil. Queria ver só metade dos idiotas que concretizam padrões como este fazer ao menos um bom desenho. E a técnica e esforço para controlar uma mão desordenada até ela desenha linhas exatas e bonitas? Não é nada fácil, ora. E nem se pode dizer que é por não render dinheiro, pois há quem seja ou foi milionário só com isso. E qual o problema da pessoa ser melhor nisso do que na escrita? Também não pode ser um completo ignorante nas palavras, mas só porque é melhor traços não quer dizer que não é tão bom quanto quem escreve bem, carambolas!

... *silêncio* ...

Sabrina: *extremamente atenta para a imagem de Nathy na webcan* E aí?

Nathy: ouò...

Sabrina: *fitando.....*

Nathy: É...! Acho que você já disse tudo!

Sabrina: Porcaria! *se joga na cadeira com a mão na testa*

Nathy: *surpresa* O que foi?!

Sabrina: *rosto sério* É que agora não me lembro de nada do que eu disse...

Nathy: ^^"

Sabrina: Isso sempre acontece depois que faço um discurso épico ~desu neh?...

Nathy: ^^""
_________________________________________________________________
Férias
Casa da Suemi
Cozinha
Três horas da tarde

Sabrina: *acabou de comer um bolo que Becca e Suemi fizeram a pouco* Hum... Delicioso! *rodeada de corações*

Becca: Valeu. :)

Sabrina: Admito que com comida boa assim me dá vontade de fazer nada na cozinha *relaxada na cadeira*


Suemi: Mas você faz nada na cozinha.

Sabrina: ?! *choque*

Becca: *fazendo sinal de menos com as mãos* Peraí, Suemi, não precisa ser tão sincera...

Sabrina: *sofre choque² olhando para Becca* Hã?! E-e-espera aí! Quem disse que só sei fazer nada na cozinha?!

B&S: Você disse!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Kimi ni Todoke 1 [Romance, Comédia] - Editado


O anime Kimi ni Todoke trata de uma garota com aparência sombria, consequentemente apelidada de "Sadako" e tendo inúmeros boatos a seu respeito. No entanto, Sawako Kuronuma não passa de uma jovem tímida e pura que apenas deseja se enturmar. Shouta Kazehaya, garoto popular e animado, é o único que a trata naturalmente e acaba se tornando a passagem para um novo mundo à Sawako, imerso em novas sensações e momentos.
~*~
 
Foi um achado! Lá estava eu, justamente caçando um anime sem bobagens, sangue e violência e dias após desistir, descobri no blog da Honey essa graça de desenho japonês! Apesar de fofo e cômico, também garante momentos de tensão de endurecer os músculos. Realmente incrível! Inclusive lançaram o mangá no Brasil (Obrigada Panini Comics! \o/)!

Gosto muito dos traços da autora. Acho-os realmente muito bonitos, pois apesar de estar nos padrões dos mangakás, não é semelhante à maioria dos animes que os olhos parecem todos iguais ~hahahaha!! XD Enfim, dou nota dez!

~*~
Episódios:

[Recomenda-se o programa RealPlayer para melhor visualização dos capítulos. Pode-se baixá-lo aqui ou aqui ]

Sites:
 1º: Anbient



domingo, 3 de julho de 2011

Postagem dominical: Deus é amor

"Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor." I João 4:8

"(...) Deus, o Criador de todas as coisas, é acima de tudo um Amigo verdadeiro, alguém que nos ama apaesar de toda a nossa rebeldia e desobediência e que está sempre pronto a nos abençoar. Ele é amor em Sua essência e nada pode impedir que aja com amor a nosso favor.

(...) Basta apenas você querer, reconhecer, crer e aceitar."

Fonte desconhecida

quinta-feira, 30 de junho de 2011

"Amor, amigos e animes"

Neste ano, enfim, irei ao evento anual brasileiros de otakus e otomes:

Anime Friends

Sim, sim, sim! Eu, uma aprendiz de otame, vou para o este programa nacional junto com dois tios meus que são super divertidos e também gostam de anime/mangá/afins! Tanto que, neste fim de semana irei com eles ao Bairro da Liberdade para comprar um cosplay da Sawako Kuronuma! *gosta muito dela*

Realmente espero que tudo ocorra bem. Já temos data marcada para ir e tudo. Quem sabe encontrar uns amigos meus e, claro, gastar para caramba! Realmente em situações como essas, é impossível voltar para casa sem ao menos três sacolas na mão *risos* XD

Enfim, pessoas, se puderem, vão! Deem uma conferida no site www.anifriends.com.br, por favor! =D Os ingressos online já esgotaram, mas há vários pontos de vendas e, se querem uma dica, não comprem só na porta do Anime Friends! A fila será a mãe da mãe da mãe de todas as filas!! Quem já vai, avisa-me; quem sabe não combinamos algo juntos? =))
Até mais pessoas! o/

domingo, 26 de junho de 2011

Postagem dominical: Aquecendo a tartaruga

"Todas as vossas coisas sejam feitas com amor" (I Coríntios 16:14)

"Um homem contou que em sua infância, no campo, encontrou, certa vez, uma tartaruga fluvial. Quando ele começou a examiná-la, a tartaruga encolheu a cabeça e os ombros, fechando-se no casco. O menino, descontente com a atitude da tartaruga, pegou algo e tentou quebrar o casco para fazê-la sair. Seu tio, observando o menino, disse: 'Não, esta não é a maneira correta! Você poderá matá-la e não conseguirá abrí-la'. O tio pegou a tartaruga e levou-a dentro de casa, colocando-a no chão junto à lareira. Poucos minutos se passaram e o lugar tornou-se aquecido. Então a tartaruga colocou a cabeça para fora e, a seguir, os pés, começando a rastejar. 'As tartarugas fluviais são assim', disse o tio, 'e as pessoas, também. Você não pode forçá-las a nada. Mas, se você primeiro lhes aquecer com alguma atitude generosa, provavelmente eles farão o que você deseja que façam.'

Como estamos lidando com as pessoas que nos cercam? Estamos sempre querendo impor nossa vontade? Estamos exigindo que sejam iguais a nós? Estamos esperando que nos agradem em tudo?

O que lhes temos oferecido? Antipatia? Rispidez? Mau-humor? Arrogância? Ou entendemos que cade a nós demonstrar humildade, carinho, solidariedade, tolerância, respeito, compreensão?

A melhor atitude em qualquer relacionamento, é o amor. Ele abre portas, ele ilumina o caminho, ele derruba os obstáculos, faz uma criança sorrir, perfuma os cômodos de uma casa, une casais, desvia filhos do vício, dissipa toda treva e até estimula uma pequena tartaruga.

Se queremos um mundo melhor, se queremos a nossa família unida, se queremos ser verdadeiramente felizes, aqueçamos os nossos dias com atitudes de autêntico amor."

Fonte desconhecida.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Novo!


Pois muito bem, senhoras e senhores. Tenho uma boa e uma má notícia para lhes dar.

A boa é que eu postei um novo capítulo em http://www.portodootempo.blogspot.com/! (Milagre!!!!!!!!! \o/)

A má notícia... é que é só a preview mesmo ^^" (Quê?!)

Bem, a explicação disso está no site. Aos novos interessados, peço que leiam os Avisos iniciais. Aos veteranos, fui! *foge em disparada*

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Linda e singela...


Shiawase Negai Kanata Kara

Kokoro no naka de, hikiteitai basho ga aru
chiisana sekai, mou todoka nai kakono hi wa
sono mama no watashi to, sono mama no anata ga
itsumo waratte ita


wasurenai shizukani mimamotteruwa
imademo saiko ni aishiteru to
wakatteru hazuyo
doushite mo aitakunattara
sotto aisatsuniiku wa


tooku shiawase negau kanata kara

ushinatte kara yatto kizuku taisetsu sa
watashi tachi no ke
genjitsu dewa kanaredemo


natsukashi watashi ga natsukashii anata wo
zutto tsukamateiru


ritazu hana kami-sama ga dame shiteruno?
dokomade tsuzuku no ka
nanseiki mo kawari wa shinai wa
shinjiteru kaeru mune wa hitotsu dake
zutto machi tsuzukemashou
kanarazu nemuri autoki wo


nee, kanashiito iwanaide
eien(izumi?) dakara


wasurenai, shizukani mimamoteruwa
imademo saiko ni aishiteru to
wakatteru hazuyo
doushite mo aitakunattara
sotto aisatsuniiku wa tooku


shiawase negau kanata kara...

~*~

No meu coração, há um lugar que eu quero viver
Mas eu não posso mais voltar, para esse pequeno mundo nem para o passado
o mesmo eu, e o mesmo você estavam
sempre sorrindo

Não se esqueça, eu vou estar silenciosamente olhando por você.
Mesmo agora, o meu amor está no topo,
mas, você já sabe disso!
se eu sentir que devo encontrá-la
Eu gentilmente sobrevoarei e mandarei meus cumprimentos

Eu estou desejando a sua felicidade de longe.

Depois de perder você, eu finalmente percebi o que é realmente precioso
mesmo que a realidade nos faça deixar ir
de nossas mãos

O cuidadoso eu, e o precioso você
nós vamos sempre alcançar um ao outro.

É o deus brincalhão, me testando assim?
Não importa quão longe eu continue a ir,
Não importa em que século, eu não vou mudar
Mas acredite, e eu poderei retornar apenas ao seu coração
Vamos continuar esperando para sempre
Certamente haverá a hora que vamos nos encontrar novamente.

Hey, não diga que você está triste
porque é para a eternidade

Não se esqueça, eu vou estar silenciosamente olhando por você.
Mesmo agora, o meu amor está no topo,
mas, você já sabe disso!
se eu sentir que devo encontrá-la
Eu gentilmente sobrevoarei e mandarei meus cumprimentos

Eu estou desejando a sua felicidade de longe.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Papo de escola - Breve

Casa da Sabrina
Quarto dela
Noite

Sabrina: *deixa a cabeça cair em cima da mesa e materiais ainda no pescoço* Uaaaah...

*silêncio*

Sabrina: Minhas costas doem... *tapinhas nelas com nuvenzinhas de poeira*

*silêncio*

Sabrina: Pensei que não teríamos mais trabalhos manuscritos...

*silêncio*

Sabrina: *encara o computador do lado com cara de desejo* -kiii... Vou dar uns quinze minutos de descanso *risadinha* *Abre o MSN*

*Janelinha piscando: Nathy's *

Sabrina: *?* Nem sabia que ela entrava nessas horas...

*click*



Kodinome Konata: Oi Nathy

Nathy's: Oi

Nathy's: Tudo bem?

Kodinome Konata: Ahãm! E com você?

Nathy's: Também :)

Nathy's: Já fez o trabalho de Física?



Sabrina: *escândalo de choque* Ãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah???????????!!!!!!!!!!!!!!

Por que ela sempre me lembra do que eu quero esquecer?... T-T

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Papo de escola

Colégio "Kitahoro"
Uma sexta-feira
Sala de aula
Primeiro sinal

Sabrina: *entra na sala toda estirada* Obaaa!! É sexta-feira!! \o/

Becca: *entra logo atrás*Nossa! Nunca vi você tão animada pelo fim de semana! =D

Nathy: *entra logo atrás²* É! *balança a cabeça com os olhos arregalados e sorriso - Samaraaaa!! ó.Ò""*

Sabrina: Não estou animada pelo fim de semana.

Becca: Não?! *tom de voz "I don't belive"* Tá pelo que então?

Sabrina: Ora... *vira para elas com um sorriso maroto* Porque a quarta aula é de Português e vou poder conversar com a Roci! *u* *olhar profundamente brilhante, esperançoso e transbordado de admiração com sorriso bobo*

Dupla B&N: "Mais?? ^^' " <-------- isso é um pensamento

~*~

Colégio "Kitahoro"
Na mesma sexta-feira
Pátio central
Intervalo

Sabrina: *enquanto caminha junto com as outras, cara de boba entre as flores primaveris enquanto dá mordida grande em lanche também grande*

Susu-chan: Vai comer tudo isso? *fala tipo "Eu, heim?"*

Dupla B&N: *fitaandoo*

Sabrina: *estalido na cabeça* Ah, é que estou com fome, né? Tenho direito de comer uma tonelada de vez enquando, certo? - não no sentido literal, claro o.o

Susu-chan: Huuumm...

Dupla B&N: *fitaandoo*

Sabrina: ...

Dupla B&N: *fitaandoo*

Sabrina: Éeer... cidadãs? Que foi?

Nathy: É que você sempre come uma tonelada... *risinho com cara de ^^" junto com a Becca*

Sabrina: Como assim, cara-de-pau?! - estou magra para caramba, nem chia!!


~*~

Colégio "Kitahoro"
Ainda na mesma sexta-feira
Sala de aula
Penúltima aula

Nathy: Ah, até que tá boa. *diz isso olhando para a prova que a Roci corrigiu no intervalo e que pediu para entregar.* Como foi?

Sabrina: Ai... não boa o suficiente *suspiro decepcionado*. 7.1 de novo...

Nathy: *sorriso solidário para Sabrina e então vira para Susu-chan* E você, Su?

#Para tudo para momento pensador em meio segundo vazio#
Sabrina: Tenho certeza que uns 6.1 ou coisa assim... Ela disse que estava com dificuldade na matéria e eu nem consegui ajudar quando ela me pediu - nem acreditei quando aconteceu. Sem contar que ela anda conversando demais esses dias... Mas qual será exatamente a nota dela? Estou tão curiosa agora!
#Acabou#

Susu-chan: 8.9. *sorriso de orelha a orelha com pálpebras caídas*

Sabrina: Hã?! Eu não acredito nisso!!

Fim 

sábado, 7 de maio de 2011

Viola o tempo



Hoje fui ao médico fazer ecocardiograma. Tenho 14 anos.

Enquanto estava na sala de espera, deparei-me com dois casais em tempos diferentes. Os dois eram idosos e involuntariamente sorri após breves segundos. A forma com que conversavam, como agiam um para com outro era singular. Trazia-me alívio, felicidade e o deslumbre inoncente da criança que ainda sou. Sem bajulações altas. Sem vulgaridades. Um amor simples.

Sabem, não é todo dia que encontro pessoas como eles. Especificamente casais de velhinhos ou até mesmo de adolescentes parecendo satisfeitos. O ar doce ainda vivo, inocente, como se todo dia fosse o primeiro em que se encontram. E é ainda mais admirável quando se trata de casais da terceira idade. Resaltando-se, inclusive, no mundo conturbado de relacionamentos malresolvidos e às vezes cruéis. Ou ainda no globo em que o amor entre e além dos casais morre aos poucos.


De fato é impossível, para nós, amar sempre, mas é possível amar para sempre.

domingo, 1 de maio de 2011

A questão do anime K-ON!

O anime K-ON!, tema do blog atualmente, é um tanto quanto sugestivo. Tratando-se de um grupo de estudantes que se empenham para salvar o clube de música e dar seu melhor nele, a animação japonesa garante boas risadas na maioria das ocasiões  - especialmente com a infantil personagem Yui. No entanto, tratando-se de um grupo exclusivamente de garotas, um tema em especial é sugerido: o amor Yui & Azuka.

Por isso, se alguém motivado por este blog, quiser assistir o anime, eu recomendo até a parte em que esse romance girlandgirl surge (É fácil de identificar, porque é quando Azuka entra na banda). Coloquei esse tema no blog por gostar dos traços, do anime até a parte pré-escrita, das músicas e da simpatia das meninas em questão. Sendo assim, se eu por ventura trocar o background, eis a explicação.

Atenciosamente,
Sunshine ~*

sábado, 30 de abril de 2011

Meu background! *.*


Minha busca por um layout descente, enfim, foi cancelada. Finalmente me toquei como posso, muito bem, fazer meus próprios backgrounds!! #uhul!!! >3</

As imagens são do anime shoujo (para garotas) K-ON!, sobre qual, inclusive, era minha fanfic K-ON! Brasil que virou fóssil a essa altura ^^" É bem difícil entrar no clima da história às vezes e a coisa complica mais porque tem personagens da vida real (minhas amigas e eu). Treta¹²³¹²³! XP

Espero que tenham gostado!! =D Quero a opinião de vocês, pode ser? ;P

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Cadê teu suin-? - Los Hermanos

Ótimo ritmo, letra bem elaborada e português como brinquedo: super adorei!!
Dica: Na primeira vez é melhor acompanhar na letra.

 



Cadê teu repi
quem é teu padrin
onde é que tu to
Cadê teu suin?


guitarra não po
desista mole
quem é que te indi
cadê teu suin?


com que sobreno
melhor ir sain
dou nem mais minu
to nem mais
Ainda tem a cora
gentinha atrevi
da cá sua vi
da cá seu suin


guilhotina?
eu que controlo o meu guidom!
Com ou sem suin
Com ou sem suin
Com ou sem suin


guichê só de vem
da lá toma no
tamanha revan
cheio de vingan
santinha Cecili
andou me esquecen
dou rima por p
hão de ter o suin


acerta esse tom
zera essa reza
aumenta o vo
calma com andamen
to insatisfeito
mara q venh
aquel refr
hão de teu suin


guilhotina?
eu que controlo o meu guidom!
Com ou sem suin
Com ou sem suin
Com ou sem suin

sábado, 16 de abril de 2011

Ora, ora...


Na última sexta-feira, enfim dei-lhe um beijinho na testa. Em troca, recebi um na bochecha. Meu exterior não demonstrava nem o mínimo da felicidade que sentia no íntimo...

... Porque sempre você pareceu existir para mim
Pareceu que os céus haviam te preparado desde
Quando seus olhos pousaram na Terra
Quando ainda era comum o vestido rodado
E você desobedecia a etiqueta, subindo em árvores
E voltava ao "normal" com bonecas em casa humilde
Na época orando inocentemente, que doce
 "Papai do Céu..."

Agradeço a Deus por você existir e a você mesma por ser do jeito que é.

E nunca sairá do meu coração...

E eu? Também jamais sairei do seu?

Por favor, não me troque, não me esqueça...

Seria cruel demais...

P.S.: Não sou lésbica.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Por dentro para você



Percebo que tu gostas de pequenas e doces crianças tanto, que mesmo carregada, aceitas um abraço surpresa delas em tua cintura. São bonitinhas, sorridentes, otimistas. E com belos pares de asas. Limpas como tuas mentes inocentes. Simples como teus corações. Elas te fazem sorrir diferente. Como as invejo....

Mas não percebes que te quero feito criança? Aliás que sou, na realidade, uma pequenina? Meu corpo pode ser quase maduro, porém meu coração acha agora o momento para ser mais jovem. Também quero te abraçar sem me preocupar, agir com leveza sem ser chamada de infantil, demonstrar meu amor verdadeiro - que se entristece diante do sucesso dos falsos perante ti - e dar-lhe beijinhos como se fosses minha mãe.

Por dentro finalmente sou uma anjinha livre. Mas que, ironicamente, não pode aparecer. O que faço, então?

sábado, 2 de abril de 2011

Olê, olá, mais um capítulo para cá...!


Legal, pessoas! O novo capítulo de "Por todo o tempo" - minha querida história - finalmente chegou! o link, para quem não sabe, é: http://www.portodootempo.blogspot.com/. Facinho que lembrar, não é? ;D Apesar de curto, não pude colocar coisa demais, senão invadiria o próximo cap. XP

Beijos e boa leitura,
Sunshine

domingo, 27 de março de 2011

Um espanto!!



Coisas espantosas que aconteceram na última semana:

* No banheiro:
   - Centopeia debaixo do tapetinho do banheiro (que eu fiz questão de pisar ecaecaeca ú.ù");
   - Uma barata enorme, gorda e cascuda saindo também debaixo do tapetinho do banheiro (nunca gritei tanto na vida [nem em montanha-russa]);
   - Restos mortais de uma lesma esmagada entre a porta e o batente do box.

* No quarto:
   - Em plena madrugada, bem do meu ladinho, alguma coisa se começou a  se agitar no meio dos meus papéis, o que me fez cortar o vento rumo à cozinha na mesma hora.

* Na escola:
   - Tirei 6.0 na prova de Físca (chorei litros!);
   - Tirei 7.1 na prova de Português (aaaaaaaaaaaaaaaah!!!!!!!!!! *desesperada*)
   - A Suemi não desistiu da sua história em quadrinhos "Os ETs malvados vindo de Júpiter versus os mega fofnhos super lesados e não sei mais o quê vindos de Marte comedores de ovelhas fofas e as Meninas Super-Amorosas ou alguma coisa parecida!";
   - A prova bimestral de Química é na segunda-feira. ( O que é "Química"? É "Morte" com Q, é o que é! x.x);
   - Estou na fileira do meio (Nãaaaao!!!! Ó.Ò T-T *esticando mão trêmula na direção da mesa dos professores nem te conto por quê*).

* Na biblioteca:
   - Meu irmão fez um desenho com giz vermelho no verso de um desenho megauberlindo que eu fiz da Simone (*capota*).


Enfim, galera. Acabei de resumir minha semana. ^^

Daifuku! o/

segunda-feira, 14 de março de 2011

O mundo é ruim. E aí?



Todos temos problemas. Todos temos altos e baixos, uma hora sem animação, um momento de cobrança ou de estresse ou de depressão, etc.. Sofremos injustiças, nós na cabeça, confusões. Vemos tragédias, divórcios, suicídios, garotos de três anos alcóolotras. Tem horas em que precisamos chorar, pois estamos tão cheios por dentro que presisamos descarregar para raciocinar, ter alívo, sossego ou qualquer outra coisa boa. Mas e depois?

O mundo é ruim, não dá para negar, ora essa! Não é perfeito e ponto final. Agora, somente me respondam: acham mesmo que estão sozinhos? Sempre tem alguém, aqui ou Lá, querendo te ouvir e acabar com sua angústia. Mesmo que esse alguém pareça difícil de encontrar!

Se tem algo que disseram sabiamente é que Deus não fez o homem para ficar na média, ou apagado, ou adjetivo semelhante. Ele o fez para ser maior que isso, ter brilho, refletir uma gostosa luz. Deu talentos à todos para estes serem evoluídos até o ponto mais alto, pois todo o ser humano tem talentos. O que muda uma pessoa para outra é a forma como os administra.

Você tem valor. Seus esforços, seu ser! E é justamente por isso que não estará sozinho para boas obras, tanto para os outros quanto para si.

Durma com as estrelas...

domingo, 13 de março de 2011

sexta-feira, 4 de março de 2011

Boneca sem chuva


Porque quero ser sua boneca
E acompanhá-lo por onde for
Com sua mão segurando minha porcelana
E seu caminho sempre acompanhado
Com meus olhos de vidros castanhos

Não quero mais chorar com o céu...!

terça-feira, 1 de março de 2011

Novo presente: Mês de Março


Esse é o chato de receber um mês de presente: só descobrimos o que tem dentro da caixa aos pouquinhos, haha! O bom, pelo menos, é que podemos decidir o que vamos ter em determinadas  horas. Claro que tem sempre uma meia cheia de carvão dentro, mas o jeito é simplesmente jogá-la fora da melhor maneira possível.

O que espero encontrar nesse pacote:
 - Notas boas (Provas! Não!!! ó_ò)
 - Me divertir
 - Conseguir criar maior afinidade com o corpo docente da escola
 - Cumprir bem os trabalhos
 - Ter mais paciência
 - Me destacar em Português (Uou!! \o/ # a louca)

Desculpa o post curtinho, mas tenho que fazer lição de Matemática ^^"

E você? O que espera desse mês?

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Simples desejo complexo


Que você nunca me julgue uma simples obscecada, dramáica, masoquista ou fechada garota. Que jamais você ache ridícula e que, principalmente, não me julgue um fardo. Nossa amizade não pode morrer, tampouco meu coração ao ser consumido por uma inveja que menosprezo. Que eu dê valor às suas palavras boas e que você saiba que meu jeito de demonstrar meu amor não é para te pertubar. Que se orgulhe de mim um dia, que eu não passe mais vergonha na sua frente ou, se tudo isso for impossível, desejo ao menos fazer coisas boas a partir dos meus erros com uma das pessoas com que compartilho meu imenso carinho.

Papai, conto com Você para que o melhor aconteça.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Só por amor aos amigos...


Gostaria de demonstrar todo o meu imenso amor
Tão grande, que o sinto transbordar no peito
Mas de que adianta tentar querer chegar ao fim
De algo que sempre e sempre se renova?...

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Mascotes!


Alguns de vocês já devem ter visto, mas trato a relatar: adicionei cinco mascotes no blog! *-* (Estão bem na coluna) Seus nomes são: Dolly (a boneca em construção), Keika (de cabelos e vestido preto), Sakurita (a de cabelo rosa), Copas (a ruivinha de preto) e Cream (a totalmente rosa). A cada "click!" nelas, seus níveis aumentam. Se chegarem ao nível 100, adivinhem? Elas evoluem!! *-*

Enfim, onde as peguei? Em um site especializado nesse tipo de mascote: o Squiby. (Ok, era meio óbvio, mas isso não conta) Nele se encontra todos os tipos de mascote: gente, bicho, seres místicos, dark, cutie, personagens de anime, jaguar em ovo... e como se não bastasse, os usuários do site podem fazer os seus próprios bichinhos! Já imaginaram?!  Se capricharem o suficiente, o seu mascote pode ser adotado por tantas outras pessoas que pode parar na lista dos TOP! Pena que eu não sei mexer no Photoshop o suficiente para isso... ;-;

Por enquanto é só! Deixo a dica do site e um pedido de apoio às minhas bonecas! ;) Ah, e um aviso: adotar nesse site é viciante. *-*
Beijos! o/

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Pronto, falei. u-u

O tempo passa e a sensação vai e vem. Quando isso acontece, quero contar para alguém ao mesmo tempo que penso não poder contar com quem está ao meu redor. Cadê a psicóloga da escola? Será que nela sentirei a confiança de que me ouvirá o quanto preciso? Não quero encher ninguém. A minha principal preocupação é te perder. Por alguma razão. Uma atitude, uma palavra... qualquer coisa errada. Eu não quero te decepcionar e muito menos que se afaste de mim. Preciso muito de você e desculpa se não passo de uma menina exagerada. Tantos problemas dentro de mim e ainda por cima me sinto cobrada aos montes!

...

Desculpa, mas é verdade...





"Say my name. I just want to hear you.
Say my name. So I know it's true.
You're changing me. You're changing me.
You showed me how to live.
So just say. So just say,

That you'll stay awake for me.
I don't wanna miss anything.
I don't wanna miss anything.
I will share the air I breathe,
I'll give you my heart on a string,
I just don't wanna miss anything"

(Awake - Secondhand Serenade)

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Novo Capítulo - Por todo o tempo (!)


Senhoras e senhores, o capítulo três enfim foi postado no blog oficial! Peço desculpas pela demora e para todos que começarão a ler a história que não deixem de checar os Avisos iniciais.

Por enquanto é isso mesmo, hehe ^^"

Beijos a todos! o/

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Compra de Garota Moleca

O skate (pronuncia-se skêit) é um desporto inventado na Califórnia que consiste em deslizar sobre o solo e obstáculos equilibrando-se numa prancha, chamada shape (ingl. deck), dotada de quatro pequenas rodas e dois eixos chamados de "trucks". Com o skate executam-se manobras, com baixos a altos graus de dificuldade. No Brasil o praticante de skate recebe o nome de skatista, enquanto que em Portugal chama-se skater. O skate é considerado esporte radical, dado seu aspecto criativo, cuja proficiência é verificada pelo grau de dificuldade dos movimentos executados.
(Fonte: Wikipedia)

Pois e', meu povo. Hoje eu fui ao shopping, fui ao cinema e aproveitei para comprar o meu primeiro skate! Ele nao e' como o da foto, mas em relato de antiguidade batem, sim, senhor! O meu, ao inves de estampado com o classico jogo Tetris, tem o jogo Pacman. Logo hoje comecei a aprender e entendendo um pouco do que se deve fazer e do que nao se deve fazer para o skate quase arrebentar a escada da sala de jantar. x-x

Enfim, no fundo eu queria andar nessa "ta'bua lichada" e mau vejo a hora de dominar a arte para poder me divertir com ela. Quem sabe nao ajudo minhas amigas, se elas quiserem? (Pelo menos... ai, caramba, nao acho que nenhuma delas combinam com o esporte!)

Ah! E tem mais outra: comprei depois de assistir "Os Enrolados" um par de joelheiras especialmente para praticar volei. Pelo menos, chega de estourar os joelhos, e ca' entre no's, precisarei delas bastante ao longo desse ano, hehe ^^"

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Olá, Colégio!

Sim, sim, sim! Fui para a minha escola hoje!!! Não teve aula (droga...), mas teve abertura do ano letivo no auditório e eu ri para caramba! Acabei-me em risadas! O corpo docente teve quase metade de seus componentes mudados (Bete... ó.ò T-T), já peguei o material e o uniforme novo como o meu estojo dos Skelanimals (tá, eu comprei ele antes, mas isso não conta) e revi os professores que eu amo demais *-*

Também só os professores, porque as minhas amigas que é bom, nada! (Nathy e Becca, vocês vão ver!!! ò.Ó) Agora lamento mesmo por não ter mais aula de Religião... Antes tinha, senão me engano, mas agora só o Ensino Fundamental terá a disciplina... Bem, eu ainda vou ver minha professora de vez enquando, não é não? :) {E ela já disse que vai tentar se virar para trocar uma aulinha com algum professor, nem que seja só para conversar, haha!}

Alívios: agora tem psicóloga na escola (porque eu sinto uma parcela de culpa nisso? ;P) e entre três professores de Português (Sim, agora são três diferentes!) a minha predileta vai continuar dando aula para a gente! \o/ (Ufa! o-o") Sem mencionar que agora tem professora de Música lá na escola e finalmente aprenderemos Filosofia *-* Em compensação... Não!! Química!! x-x

Pelo visto terei que me esforçar como nunca me esforcei em toda a minha vida, ainda mais com os novos objetivos a serem alcançados por mim, mas eu vou conseguir. Eu sei que consigo senão desistir no meio do caminho. Além do quê, mesmo que eu desanime, sei que terei meus amigos e amigas para dar levantar o meu ego (e eles terão a mim, todos, podem ter certeza!).

Enfim, é isso, queridos. Beijos e um ótimo ano de trabalho para todos!


P. S. para Nathalia e Becca: As aulas começam na quinta por conta da reforma do colégio. Entrada em horário normal.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

K-ON! Brasil - Introdução

Baseado no mangá/anime K-ON!

Dedicado às minhas melhores amigas.
________________________________________________

Era o primeiro dia de aula e eu subia correndo a rampa da escola. Com a mochila nas costas e segurando em suas alças vermelhas, ofegava enquanto passava por duas ou três pessoas com velocidade surpreendente.

"Em cima da hora, em cima da hora, estou em cima da hora!" pensava freneticamente.

Suando fio, dei-me já pisando no piso novo do pátio central. Senti-me um pouco aliviada ao ver várias pessoas conversando e andando pelo lugar e fui logo mirando o relógio. Só mais três minutos e o sinal bateria para todos nós. Claro que, sendo o começo do ano letivo, iríamos para a Capela do colégio. Lá era realizada a abertura do ano escolar, as explicações iniciais, apresentações e outras coisas mais.

Baixando o olhar do relógio mais a frente, deparei-me com uma pequena aglomeração frente a uma das lousas de vidro. Estreitando o olhar ficando para lá de curiosa, perguntei-me sobre o por que daquilo e não demorou para avançar lentamente rumo àquele pessoal.

 - Licença. Licença - ia pedindo ao passar com cuidado pelas garotas do 7º ano. Quando finalmente vi um pequeno cartaz escuro com letras garrafais em destaque, meu coração saltou para fora do corpo e meu estômago não pode deixar de cambalhotar. Dois diamantes reluziram em meu olhar castanho por um momento.

Era anunciado um Campeonato Interescolar de Bandas!

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Natureza versus Rotina


Silêncio urbano. Ruídos aconchegantes da natureza. E aquilo era tudo.

Molhando os pés na água da cascata, ela estava bem. Bem consigo mesma e bem com o mundo. Simples. Com roupa sem rococós e rosto sem maquiagem. Cabelo enrolado, livre da chapinha quase diária. Só ela e a natureza. Paz...

Olhou para o lado sem motivo consistente e acabou sorrindo para uma rosa com que dera de cara. Chegou mais perto dela, sentindo seu perfume. Linda. Quem dera ser como ela. Bela, gentil, mas inteligente o suficiente para espetar quando nescessário. Caiu de costas na grama, ainda com os pés na água. Como gostaria de ficar ali o restante das horas daquele dia!

 - Luísa? - uma voz a chamou. De súbito seu devaneio foi desmanchado.

Não havia mais natureza, nem silêncio, nem água naturalmente limpa ou flora qualquer. Só estantes, armário, bichinhos de pelúcia, quadrinhos e a mochila da escola em um canto.

 - Filha, vamos logo ou se atrasa! - apressou a mãe atrás da porta. Não sabia que a garota já estava uniformizada.

 - Já estou saindo! - respondeu erguendo-se com pressa. Apanhando a mochila, saiu correndo do quarto, quase atropelando a mãe. O café fora rápido, sem nada demais. A companhia da mãe foi como a grama, que conforta. Mais tarde, a descida pelo corrimão equivaleu as águas que descem na cascata. A turma da perua, a natureza, e o seu barulho entre conversas, celulares e sabe-se-lá-mais-o-quê, ao silêncio querido. Chegando no colégio, o seu amor. Alguém que a fazia ter o sentimento perfumado como uma rosa.

Luísa chegou a essa conclusão. Mesmo não tendo um mundo perfeito, sem pássaros, simplescidade constante ou coisas assim, era tinha o suficiente para ser feliz. O jeito, concluiu, era saber como preservar tudo aquilo.

domingo, 16 de janeiro de 2011

Novo capítulo!: Para começar em Carlyle

Para aqueles que não sabem, escrevo uma história no blog http://www.portodootempo.blogspot.com/. Com o mesmo título, ela aborda a ida ao fictício Castelo de Carlyle* de Simone, uma jornalista brasileira em sua primeira viagem ao exterior. Lá ela conhece Phillip, um homem doce, porém muito misterioso. Graças a um imenso e problemático imprevisto, os dois ficam presos no castelo e Simone é obrigada a conviver com o novo indivíduo e os habitantes de Carlyle, razão para desde novas amizades até perigos crônicos.

Então, eis que surge o segundo capítulo (depois de muito tempo, mas "abafa o caso")! É só clicar no link que ofereci no parágrafo anterior e pronto! Podem conferí-lo ^^ Só peço para quem começará a ler a trama que não deixem de ler os avisos iniciais.

Beijos e sushis,
Sunshine! ~*

Vendas não trazem felicidade

O céu está azul lá fora, é só tirar as vendas de seus olhos. Por que está tudo cinza para você se o arco-íris brilha com força agora? É só tirar a venda do coração e verá: o mundo pode ser bem melhor! Seus amigos querem conversar, não te ignoram como pensa. Só estão esperando que você vá até eles, por que não? Os doces que a natureza dá são tão bons, mesmo assim você diz estarem podres. Falaram que você é linda, mas você acha que disseram "Como você é horrorosa". Desfaça a venda dos olhos de seu coração; o mundo fica tão bom! Brinque o "Jogo do Contente" da daminha Poliana, quem disse que não consegue. As coisas só piorarão se você achar que sim. As nuvens formam um caminho maravilhoso lá fora, por que acha que não passam de falhas no céu? As vozes más não existem, viva esperta e inocente. Encha-se de coragem e dê aquele abraço, não se preocupe com a curva que pode acontecer e te derrubar, encha-se de coragem e faça uma boa ação: deixe alguém inocentimente feliz também. Engula a timidez, preguiça e veja só quanto incentivo para espalhar felicidade existe por aí. Nunca diga que está sozinha, pois no fundo de seu coração, sozinha não existe se você ama o Pai. A máscara pode quebrar, o seu rosto é mais bonito que ela. O chão pode se desmanchar, não tem problema, você pode flutuar. As paredes podem cair, os muros declinarem, as árvores serem cortadas, não interessa. Sempre Alguém vai melhorar tudo, é só você conseguir ver. É só não deixar que venda alguma te atrapalhe mais. O mundo pode ser tão lindo! Desperte seu coração! Não viva a mercê de coisas ruins, que geram destruição para os outros só para você se divertir, cuidado! Todos podem sorrir se souber o que fazer. Como? Viva esperta e inocentemente! Não é tarde para recomeçar, acredite. acredite! Faça picadinho do que cobre os olhos do seu coração, não vale a pena sustentar. Pinte um novo quadro, quebre o antigo, tenha coragem, você pode ter sim! Não se engane por ideias de incopetência, viva esperta e inocentemente... Sempre acredite que Alguém lá em cima não vai deixar você cair. Parece o contrário? Novas ilusões más, peça ajuda para Ele e assoprem elas para bem longe. Você consegue! Permita seu coração enxergar, viva esperta e inocentemente, se você ainda existe, não duvide, é porque Alguém tem esperança em ti, você não é um mero acaso! Está em um pântano sombrio? Acredite, você pode sair! Acredite que Alguém lá em cima pode te ajudar, sim, Ele pode e existe! Viva esperta e inocentemente, acredite que Alguém lá em cima não vai te deixar e não deixe nada mais tampar sua visão. Aceita um sorvete de nuvem?

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Presente!!

Olá, querido pessoal do Q. S.! Finalmente trago novidades!

Hoje, no início da tarde, chegou um pacote com o nome de meu pai. Como ele ainda não estava em casa, decidimos guardá-lo na biblioteca (lugar que meu pai sempre acaba indo). Mais tarde, antes de anoitecer mesmo, meu pai ligou e minha mãe e ele começaram a conversar. Conversa vem, conversa vai, lá estava eu na sala desenhando ou algo assim quando minha mãe chega com a mesma encomenda debaixo do braço. E o que eu descubro?

Era um The Jedi Path!!!
Awwwwwwwwwwwwwwwwwwnnnn!!!!!!!!!!!!!!!!!! *-*


Para aqueles que não sabem, The Jedi Path significa "O Manual Jedi". É um livro que descreve fundamentos de um grupo fictício de cavaleiros da paz da série Star Wars, denominados jedis (jedáis). Com a aparência para lá de caprichada - com direito a caixa com abertura diferenciada e efeitos sonoros exclusivos, anotações, páginas rasgadas, mapa e até moeda da realidade (entre outras coisas mais) -, o livro aborda desde a criação do grupo pré-mencionado até técnicas de luta com sabre de luz explicadas e com imagens "passo-a-passo"! Garantia de entretenimento para todos os que gostam da obra de Jorge Lucas!

Quem sabe não consigo postar algumas fotos, heim? ;D


O livro está disponível somente em inglês.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Jardim particular


Companheirismo, conscideração, amor, compreensão, bom humor, soliderariedade, respeito, diversão, seriedade, lealdade, paciência, humildade, incentivo, apoio, coragem, cooperação, inteligência, amor.



Eis uma definição incompleta de amizade. Algo que todos têm pelo menos uma vez na vida. Só cabe a cada indivíduo escolher bem as pessoas com quem se comfraternizar e dar valor às amizades que valem a pena ser vividas. Afinal, amigos não obtemos e sim conquistamos.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Hey, pessoas! o/

Pois bem, cá estou sem uma ideia fixa para a postagem de hoje. #confesso

A verdade é que fartei-me deste blog com só uma postagem até agora, então resolvi dar um basta de uma vez por todas. Nisso, pensei em diversas possibilitades de texto: sobre música, sentimentos, crise de identidade, jogos online, animes, amigos, escola... Entretando não decidi nada com nada.

Com isso, lembrei de uma das minhas postagens no outro blog que falava em como as pequenas coisas podem criar um texto blogueiro de qualidade. A única coisa que esqueci de comentar é que, depois de um assunto, o mais importante é ter habilidade para formatar e publicar a ideia! E aí é que eu bobiei.

Espera. Alguém me quebra que eu tô chocada.



Ideia!!



É isso! Como não pensei nisso antes?! *comemorando com dancinha do Caramelldansen*

Aqui vai um pedido: caros leitores, quando possível mandem suas sugestões de temas. Afinal, além de ajudarem o blog a se manter na ativa, tem certeza de que é algo que lhe interessam.

Rapaz, adorei!! E o melhor: dei um sentido a esse post!! =D¹²³¹²³ Que feliz! (<-- droga, Suemi :x)

Beijos e doces a todos,
Sunshine

domingo, 2 de janeiro de 2011

Ano novo, blog novo!

Apesar de estar um dia atrasada (aiaiai!), quero desejar a todos um feliz 2011!

E como a virada do ano costuma ser reconhecida por inovações, nada melhor do que um novo blog, certo?!

Está bem, eu sei que a ideia não agrada a todos, que alguns devem se perguntar porque eu fiz isso e não é para menos. Ainda que este blog prevaleça, o endereço permanecerá disponível àqueles que desejarem revê-lo por alguma razão

*pega uma tesoura e corta grande fita vermelha de inauguração*



Sejam todos bem vindos ao Q. S.!